contato@taroando.com.br

MÉTODO DE TIRAGEM - EM QUANTO TEMPO VAI ROLAR?

Métodos de tiragem

Uma das perguntas que sempre vem nas tiragens? Mas quando "isso" vai rolar? A questão do tempo sempre é complexa, ou nem sempre é fácil definir exatamente, com precisão quando alguma coisa vai acontecer. Mas quando definimos as casas, podemos trabalhar uma aproximação desse acontecimento.

Lembrando que para fazer essa tiragem, precisamos ter em mente que a "coisa" que queremos saber precisa realmente acontecer, hein? Ou seja, precisamos ter certeza que é um fato que em breve será consumado, só queremos saber quando! Ah, outra observação importante, e que ele funciona melhor para acontecimentos anuais, pois se tirarmos com duração maior, a visualização pode ficar um pouco mais completa. Então surgiro que seja anual, pois a análise será feita por meses. Tendo em mente isso, é bem simples:

Por exemplo, utilizando o Baralho Cigano/ Petit Lenormand:

Quando irei me mudar para o Rio de Janeiro? (Essa pergunta não é interessante quando não utilizamos métodos, porque aí sim, a resposta pode ser subjetiva!)

Considerando que estamos no mês de Fevereiro e o tempo que queremos saber, é em relação a uma mudança, a tiragem será definida da seguinte forma:

FEVEREIRO MARÇO ABRIL         

      

 MAIO JUNHO JULHO 

     

Sendo as cartas acima, o resultado abaixo:

FEVEREIRO  MARÇO   ABRIL                   

         

    MAIO JUNHO JULHO

     

Coloquei até Julho, mas pode ser até o final do ano, por exemplo. Ou mesmo passar, o que poderá trazer uma análise mais complexa. Diante das cartas acima, pela sua leitura, quando a mudança ocorrerá? Levando sempre o contexto da pergunta, da tiragem, temos como fazer uma associação da carta diretamente à stiuação: estamos falando de mudança, qual carta acima remete à mudança? O NAVIO seria o ato da mudança, correto? Muitos cartomantes podem se referir também a carta A CASA, mas eu, particularmente, considerando o fato de estamos nos referindo à mudança, consideraria tal em MAIO. 

Lembrando que cada cartomante vai ter uma percepção (como essa que citei, da casa, do navio etc). Caberá quem está realizando a leitura unir o contexto à situação.

Fácil demais, né? Bóra testar? Olha, se não se adequou ao método, ou ele não está muito adequado para suas leituras, é sempre bom não forçar a barra. Os métodos também precisam de afinidade com quem tira! Esse é o que mais utilizo para ver a aproximação sobre tempo, se tiver outro, compartilhar com a gente por aqui, pelas redes, por e-mail.

Até a próxima!

Diana Prates


Quer fazer uma consulta de tarô? Então procure a nossa equipe!

Comentários


(0) Comentários...