contato@taroando.com.br

OS 05 ARCANOS MENORES MAIS TEMIDOS DO TARÔ

Tarot & Cartas

03/06/2022

Depois de falar um pouco sobre os 05 arcanos mais temidos do tarô - versão arcanos maiores, eis que agora apresento a vocês a versão dos arcanos menores. Sim, a gente sabe que em uma tiragem de tarô quando aparecem determinados arcanos, os olhinhos viram, não é mesmo? E vamos saber o top 05 arcanos menores mais temidos ?

OS ARCANOS MAIS TEMIDOS DO TARÔ -  VERSÃO ARCANOS MENORES

5º LUGAR: CINCO DE OUROS

Em quinto lugar aparece o não tão legalzinho cinco de ouros. Sim, a gente costuma fazer carinha feia quando ele aparece, principalmente quando estamos falando sobre finanças e assuntos de cunho material. Normalmente ele apresenta a falta, a carência de algo para que as coisas funcionem bem e, é comum em uma tiragem ele sinalizar que não é momento de fartura mesmo. Cá pra nós, quem quer vivenciar esse período de escassez do cinco de ouros? Acho que quase ninguém, né? Mas ó, precisamos nos desapegar desses pontos de vista inflexíveis, que nos impedem de enxergar o conselho do arcano e é o caso aqui. Não é momento de fartura, mas pode ser o de refletir e recompor as ideias, planejar de forma diferente para futuramente não encararmos novamente o cinquinho, né? #ficadica


4ª LUGAR: NOVE DE PAUS

Em quarto lugar o calejadinho nove de paus. É, ele já passou por muitas histórias, muitos "causos" e agora fica aí, receoso do que virá, dos próximos passos e passa a ideia de estar no campo do despreparo. Essa sensação de não preparo que ele passa, em muitos casos é mais alarde do que a realidade, sabe? Como sabemos, ele já possui experiência de vivências e provavelmente sabe lidar com as situações desafiadoras, ainda sim, está com medo de ter que enfrentar o que lhe amedronta. E vem daí o título do 4º arcano menor mais temido. Se pararmos para analisar bem o nove de paus, vamos ver que ele possui total capacidade para lidar com a situação, só está receoso mesmo, pois acha que tudo à sua volta é maior do que sua capacidade de vencer. Aqui, o melhor é ir com calma nas expectativas, não somos menores do que os problemas que nos rodeiam.


3º LUGAR: OITO DE COPAS

Eu sinceramente fiquei na dúvida aqui sobre entregar o 3º lugar para o oito de copas, porque é bem pareado ao quatro de copas. Ambos trazem a sensação de desânimo, embora o oito encare com uma tendência a tristeza maior do que a falta de vontade. E foi por esse sentimento da tristeza que ele veio parar aqui no top 5. Entre o desânimo do quatro e a tristeza do oito, creio que seja mais difícil lidar com o que nos puxa para baixo do que com o que não nos puxa para lugar algum, a indiferença, né? E o oito é assim, cabisbaixo, principalmente porque é o momento do reconhecimento que estamos fazendo um papel que não nos cabe mais fazer. Ou o apaixonade sem reciprocidade, ou mesmo o falso apaixonade, que acredita nisso e de repente reconhece que não é bem assim... o abandono do oito às vezes dói, nos obriga a desistir e buscar por outros rumos. Cá pra nós, não é fácil tomar tais atitudes...


2º LUGAR: TRÊS DE ESPADAS

Por aqui não tive dúvidas, três de espadas entrou no top 3 facilmente. E sou suspeita para falar, porque eu ainda torço o nariz quando ele aparece, confesso. Acho a vibe dele muito down e, para mim, lidar com as mágoas, tristezas e frustrações é um desafio. Embora atualmente já tenha adotado formas de lidar, de aceitar e entender os momentos três de espadas, ainda considero complicado vivenciá-lo. É claro, como tudo na vida, é passageiro e, além disso, por ser um arcano "jovem" não apresenta a situação íntegra, totalmente madura. Há elementos que faltam, e talvez, esse seja o principal fator para que fiquemos para baixo. Falta um pouco de maturidade, um pouco de visão ampla e muitas vezes o apego a algo é razão suficiente para acharmos que tudo está ruim. Faz parte, né?


1º LUGAR: DEZ DE ESPADAS

Bom, o terrozão dos menores. Por trazer a ideia de ciclos se fechando e, de uma forma não muito agradável ou leve, o dez vem e nos informa de uma maneira bem doloridinha: acabou, aceita, recomeça, refaça. É quando já estamos no ápice, cansades, esgotades e ainda ter que lidar com as diversas feridas que ficaram, muitas vezes de longo tempo. Não é fácil passar pela finalização do 10 de espadas. Tudo na vida é passageiro e por aqu não é diferente, então tenhamos em mente que dói, mas está chegando ao fim. Tudo. 

* Não esqueci que vocês também fazem cara ruim quando surge o oito de espadas, quatro de copas, sete de espadas e às vezes com o sete de paus também...

Diana Prates


Vem consultar o tarô com a gente!

Comentários


(0) Comentários...